Sunday, February 25, 2024
HomeMotoGPBinder puxa 1-2 da KTM com Miller em treino na Austrália. Martín...

Binder puxa 1-2 da KTM com Miller em treino na Austrália. Martín é 4º e Bagnaia, 11º – Notícia de MotoGP – Grande Prêmio – Notícia de MotoGP


O treino da MotoGP para o GP da Austrália terminou movimentado na tarde desta sexta-feira (20). Melhor para a KTM, que viu Brad Binder baixar para a casa de 1min27s e liderar uma dobradinha com Jack Miller. Pior para a Ducati, que viu Francesco Bagnaia sem uma vaga direta para o Q2 pela segunda corrida seguida.

O treino da tarde desta sexta-feira (20) em Phillip Island viu diversos pilotos passarem pelo toda da tabela. Mas, ao final da 1h de sessão, foi Binder quem alcançou 1min27s943 para liderar com 0s148 de margem para Miller.

LEIA TAMBÉM
🏍️ ‘Vitória muito importante’: Granado se emociona com Moreira na Indonésia na Moto3
🏍️ ‘Visibilidade muito maior’: pilotos acreditam em impacto positivo da vitória de Moreira
🏍️ ‘Foi difícil chegar até aqui’: pais narram emoção da primeira vitória de Moreira na Moto3

Brad Binder colocou a KTM na ponta na Austrália (Foto: Gold & Goose/ Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Maverick Viñales chegou a liderar, mas acabou em terceiro, 0s269 atrás de Binder. Vice-líder do campeonato, Jorge Martín não repetiu a liderança de mais cedo, mas, mesmo provocando Francesco Bagnaia no fim da sessão, ficou em quarto.

Pol Espargaró surpreendeu na quarta colocação, diante de Marco Bezzecchi e Fabio Di Giannantonio. 0s510 mais lento que o líder, Enea Bastianini ficou em oitavo, com Aleix Espargaró e Johann Zarco fechando a lista dos dez melhores.

Depois de se livrar da perseguição de Martín nos instantes finais da sessão, Bagnaia perdeu a última volta e, com 1min28s642, ficou só em 11º, a 0s186 de uma vaga direto na fase final da classificação.

O segundo treino livre da MotoGP para o GP da Austrália, em Phillip Island, acontece ainda na noite desta sexta-feira, às 20h10 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade.

Saiba como foi o treino da MotoGP para o GP da Austrália:

A tarde em Phillip Island começou com sol e pista seca. Na hora do treino da MotoGP, a temperatura estava na casa dos 24°C, com o asfalto chegando a 44°C. A umidade relativa do ar era de 65%, com o vento soprando a 13 km/h.

Raúl Fernández abriu a sessão na ponta, com 1min31s191, 0s070 melhor do que Fabio Quartararo, o segundo colocado. Logo depois, porém, Fabio Di Giannantonio tomou a frente, chegando a 1min29s828, 0s323 à frente de Jack Miller.

Jorge Martín foi dominante no primeiro treino em Phillip Island (Vídeo: MotoGP)

Sem muita demora, Brad Binder anotou 1min29s365 e se instalou na liderança, abrindo 0s286 de vantagem para Marco Bezzecchi, o segundo colocado. Miller, Pol Espargaró e Jorge Martín formavam o top-5.

Líder do campeonato, Francesco Bagnaia, que já tinha tido uma sessão apagadinha mais cedo, era apenas o 13º, 0s846 mais lento que o sul-africano da KTM.

Com pouco mais de 20 minutos de treino, Marc Márquez sofreu uma queda na curva 10, mas escapou de lesões maiores. O espanhol conseguiu tirar a RC213V da pista e foi para a área de escape tentar fazer a moto funcionar. Foi o segundo tombo do espanhol nesta sexta-feira na Austrália.

Marc Márquez caiu pela segunda vez no fim de semana no treino da MotoGP (Vídeo: MotoGP)

Alheio aos problemas do colega, Maverick Viñales foi a 1min29s419, pulou para o segundo posto e cortou a vantagem de Binder para 0s054. No giro seguinte, o piloto da Aprilia foi 0s001 melhor e manteve a posição.

O Top Gun fez uma nova tentativa, mas perdeu muito no setor final da pista e não conseguiu avançar. O #12 não entregou os pontos, mas, mais vez, não conseguiu passar de 1min29s418.

Passada a metade da sessão, Binder seguia no comando, mas sem melhorar de 1min29s365. Viñales era o segundo, com Bezzecchi, Miller, Pol Espargaró, Martín, Álex Márquez, Di Giannantonio, Quartararo e Johann Zarco formando a lista dos dez mais rápidos. Bagnaia era só 16º.

Procurando emprego após perder o lugar na Gresini para Marc Márquez em 2024, Di Giannantonio começou a avançar. Depois de se colocar em terceiro, o italiano foi a 1min29s359 e tomou a ponta, mas ficou lá apenas brevemente, já que Johann Zarco virou 0s093 melhor e ficou com a liderança. Parece que o número persegue Fabio.

Augusto Fernández pulou para quinto pouco depois, mas perdeu uma posição com a evolução de Aleix Espargaró, que foi a min28s841 para liderar, 0s425 melhor do que Zarco. O único novato na MotoGP 2023, então, cortou para 0s387 a margem do catalão e se colocou em segundo.

Viñales, porém, bateu o tempo do companheiro de Aprilia por 0s058 e assumiu o a liderança. Augusto, Zarco e Di Giannantonio formavam o top-5.

Na 21ª volta nesta tarde em Phillip Island, Martín foi a 1min28s299 e tomou a ponta, com Zarco passando 0s157 mais lento para ser segundo. No vácuo do #89, Marc Márquez pulou para quinto.

Binder também respondeu à queda dos tempos e se instalou em terceiro, 0s253 atrás do líder. Di Giannantonio foi mais rápido para se colocar em sexto. Bagnaia também melhorou e agora era décimo, a 0s943 de Martín.

Com 1min28s683, o ainda lesionado Álex Márquez pulou pra a quinta posição, diante de Aleix Espargaró, Di Giannantonio, Marc Márquez, Raúl Fernández e Miller.

Com pouco mais de 7 minutos para o fim, Bagnaia, que tinha descido para a 14ª colocação, voltou aos boxes a Ducati antes do último ataque à tabela. O italiano tinha 0s943 de atraso para o rival na briga pelo título, que permanecia no comando.

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular!
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.




RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments